top of page

Equipe de Espiritualidade da Região América Sul realiza encontro de planejamento em Curitiba



Entre os dias 24 e 27 de junho de 2024, a Equipe de Espiritualidade da Região América Sul (RAS) se reuniu no Centro Marista Champagnat (CMC), em Curitiba (PR), casa de encontros da Província Marista Brasil Centro Sul (PMBCS). O encontro teve início com uma Celebração Eucarística na Capela Mãe de Misericórdia.


Na sequência, o Coordenador Regional da Equipe de Espiritualidade, Angelo Ricordi (PMBCS), deu boas-vindas aos participantes, apresentou a pauta com as atividades programadas e passou a palavra para o Secretário Executivo da RAS, Leonardo Soares, que fez uma breve contextualização sobre a recente criação da Equipe.


De acordo com Leonardo, a Equipe de Espiritualidade tem como objetivo ser propositiva de ações e iniciativas que possam conectar pontos comuns as Províncias para que se possa caminhar como Região América Sul, respeitando as diferenças culturais e particularidades provinciais. “Espera-se que essa Equipe seja articuladora propondo ações Regionais coerentes, factíveis e realizáveis para uma rica caminhada na temática da Espiritualidade”, explicou.

 

Conexão com o Instituto


               Durante o encontro, a Equipe teve a oportunidade de fazer uma videoconferência com o Ir. José de Assis, Coordenador Provincial da Região América Sul e do Ir. Óscar Martín Vicario, Conselheiro Geral do Instituto Marista.


O Ir. Assis cumprimentou a todos os presentes e contextualizou que o encontro presencial tem como objetivo eleger projetos e iniciativas de Espiritualidade para a RAS e que também possam abarcar o conjunto de necessidades das próprias Províncias.


Na sequência, o Ir. Óscar deu as boas-vindas ao grupo e ressaltou a importância de criar um projeto Regional potente, mas com uma nova forma de pensar essa temática, de maneira enraizada na tradição espiritual Marista. Em sua explanação, ele deu diversas pistas para um caminho possível da Espiritualidade na Região.

 

Caminhos possíveis


Em primeiro lugar, o Ir. Óscar ressaltou que a Espiritualidade é experiencial. Destacou a importância de gerar experiências de espiritualidade e não somente reflexões racionais, pois, segundo ele, isso não transforma o sujeito. Ele deu a ideia de criar na RAS palestras, encontros e retiros regionais presenciais com verdadeiro impacto nas Províncias.


Depois, destacou que se deve atentar para uma Espiritualidade Apostólica e Mariana clara e bem definida. Segundo ele, esta forma de viver a Espiritualidade pode ser incorporada a todos os cursos e encontros para que haja um alinhamento conceitual sobre a Espiritualidade na Região. “Precisamos de uma espiritualidade que atravesse a vida e não só um novo modo de rezar”, explica.


Outra ideia que o Conselheiro trouxe foi a possibilidade de ter uma equipe de Espiritualidade em cada Província para que possa fazer a conexão com a RAS. Pessoas que possam estar em contato próximo com o Provincial e Equipes de Irmãos e Laicato para garantir o alinhamento regional.


Por fim, o Ir. Óscar destacou que a Espiritualidade deve ser pensada de modo que chegue para as comunidades de Irmãos, fraternidades do MChFM e comunidades mistas. “É importante ofertar experiências específicas para eles e subsídios que possam utilizar em seus contextos”, disse. Além disso, ele destacou que é muito importante fazer a Espiritualidade chegar nos jovens Irmãos e na PJM.


O Ir. Assis complementou a fala do Ir. Óscar ressaltando que os processos comunicacionais e tecnológicos podem aportar na divulgação de ações, iniciativas e documentos sobre a Espiritualidade. Reforçou, também, a necessidade de investir nos Irmãos para o envolvimento nessa temática.

 

Planejamento

O planejamento da Equipe de Espiritualidade da RAS iniciou os trabalhos com o olhar atento para os objetivos estratégicos, o projeto estratégico de Espiritualidade Apostólica Marista e ações específicas definidas no planejamento estratégico da RAS, além das últimas solicitações do Conselho Regional da RAS.


Cada Província apresentou o seu diagnóstico em relação a ações e iniciativas de Espiritualidade para a análise de pontos comuns e lacunas que precisam ser supridas. Ademais, conceitualmente, o grupo teve em vista as orientações do Capítulo Geral do Instituto Marista e as Prioridades recém definidas na III Assembleia Internacional da Missão Marista.

O planejamento de Espiritualidade para Região América Sul seguirá três grandes pilares: fontes/conteúdo, experiências formativas e cultura carismática. Destas áreas, haverá o desdobramento das ações e iniciativas de Espiritualidade, que serão apresentadas no Fórum Regional de Luján, programado para o mês de agosto na Argentina.


Durante o momento de planejamento, a Equipe contou com a presença do José Leão da Cunha Filho e Ir. Miguel Fernandes, membros do Comitê Regional da RAS e Ir. Benê Oliveira, membro do Conselho Regional com discurso motivador para o trabalho da Equipe de Espiritualidade. A Equipe finalizou os trabalhos bastante esperançosos com o trabalho conjunto realizado e com a potência da temática da Espiritualidade na RAS.

Comments


bottom of page