top of page

Colégios da Rede Marista recebem integrantes da Província Cruz Del Sur

Atualizado: 20 de set. de 2022




​​​​Após dois anos em formato online, o Intercâmbio Marista retornou. Na segunda-feira, 8/8, cerca de 25 integrantes da Província Cruz del Sur foram acolhidos na Casa Marista da Juventude (Caju), em Porto Alegre, para uma semana de formação e troca de experiências profissionais. A programação prevê atividades em quatro Colégios da Rede Marista ao longo dos próximos dois dias. São eles: Marista Ipanema, Marista Rosário, Marista Assunção e Marista Graças.


O Intercâmbio Marista 2022 reuniu diretoras e vice-diretoras de Colégios maristas da Argentina e do Uruguai para um período de imersão nas vivências das práticas pedagógicas da Educação Infantil, incluindo workshops e debates conceituais. Na quinta-feira à tarde, 11/8, uma equipe de educadores do Marista São Luís se junta ao grupo para conduzir uma oficina formativa com foco na etapa de transição para os Anos Iniciais.


O evento é anual e ocorre desde 2016. Em 2020 e 2021, em razão da pandemia, o Intercâmbio foi realizado remotamente, com partilha de projetos e relatos de experiências. O retorno presencial é celebrado por Inés May, gestora da Província Cruz del Sur. “É diferente, os encontros sempre tocam o coração. São encontros de muito boas trocas, de muito bom nível, não apenas humano, mas também de aprendizagem", avalia.


Desde a manhã de segunda-feira, o grupo está envolvido em atividades que abordam conceitos essenciais na proposta pedagógica marista voltados às infâncias. Entre os temas desenvolvidos nas dinâmicas estão a organização dos espaços educadores, as experiências e materialidades existentes na Educação Infantil, a potencialização das tecnologias educacionais na aprendizagem, o ateliê com laboratório de investigação e a necessidade de um currículo emergente e contextualizado.


A assessora educacional dos Colégios da Rede Marista, Loide Pereira Trois, tem uma concepção do Intercâmbio Marista semelhante à de Inés. Ela destaca a sinergia promovida pelo movimento de integração entre as Províncias e o desenvolvimento profissional e pessoal dos educadores. “Fomenta a troca de experiências como uma ferramenta contínua de aprendizagem e a produção de novos conhecimentos, fortalece a atuação em rede, consolida o projeto educativo marista e a missão, valoriza a diversidade de olhares e modos de ensinar e aprender, além de enriquecer as relações de afeto e cuidado entre as diferentes equipes", pontua.


A formação continuada é um diferencial da educação marista. A coordenadora educacional da Província Cruz del Sur, Cristina Yapura, relaciona diretamente as partilhas e vivências do Intercâmbio ao processo de qualificação dos profissionais. “Que as diretoras possam sistematizar essa experiência a partir do que viveram e promover a reflexão e a multiplicação da formação com os educadores. Somos uma Província muito grande, são muitos colégios, muitos educadores e a nossa ideia é seguir intensificando as práticas formativas", aponta.​

Comentarios


bottom of page